Parque Ecológico do Costão do Santinho: a exuberância da mata atlântica em um só lugar

Parque Ecológico do Costão do Santinho: a exuberância da mata atlântica em um só lugar

Faça sua reserva

Natureza e cultura impregnam o corpo e alma de cada cantinho da estrutura do Costão. O Resort está inserido num paraíso ecológico de 800 mil m², dos quais 600 mil m² estão preservados, formando um dos mais importantes parques urbanos privados do Brasil. O azul do céu e das águas, o verde das árvores nativas e cultivadas, aliadas ao amarelo das paredes e dos telhados das vilas se mesclam num abraço de harmonia e de bem-estar. Aqui, ninguém tomou lugar de ninguém. O convívio com a mata, fauna e flora é formulado entre os sustenidos e bemols de cada ser que faz parte deste ecossistema onde habitam cerca de 400 mil árvores de mata atlântica, entre elas o Pau Brasil, 160 espécies de pássaros catalogados, 20 espécies de bromélias, 75 espécie de orquídeas e diversos indivíduos da fauna silvestre.

A natureza é a voz que identifica o Resort, como diz o Presidente, Fernando Marcondes, “a ecologia, a natureza e o meio ambiente para o Costão é uma cláusula pétrea”. O Parque Ecológico (ainda não com este nome) nasceu com a concepção do Resort, desde os primeiros riscos arquitetônicos, inspirados nas ilhas portuguesas, o Costão já havia o compromisso em manter, preservar e tornar acessível à população: a riqueza da mata atlântica em meio as dunas costeiras da Praia do Santinho.

O Parque Ecológico, faz parte das mais recentes inovações do Costão do Santinho. Antes era fragmentado em várias atividades distintas, como Costão Mágico que é um complexo de brinquedos, de madeira, o espaço da gralha azul, a espécie de uma casa na árvore, as trilhas ecológicas, o caminho ecológico e o RPPN. Além disso, ele não tinha o nome de “Parque Ecológico”. Ao longo do ano de 2017, quando o Resort completava seus 26 anos, o Dr. Fernando Marcondes, nas palavras do Diretor de Patrimônio, Leonardo Freitas “o grande visionário que é enxergou a integralidade dos espaços e posicionou essa área nobre de mata atlântica como uma atração única e batizou de ‘Parque Ecológico Costão do Santinho”.

Dando corpo a mais esta parte nobre do empreendimento e também em busca de torna-lo ainda mais atrativo para os hóspedes, começaram as atividades de reforma e projetos de como dar mais vida a este espaço tão nobre. Pensando nisso foi acrescentado alguns equipamentos para dar insumo para que a recreação conseguisse utilizar e também dar vida aquele espaço e que fosse incluída na programação de atividades do Resort. E, nas palavras do Diretor “a recreação, brilhantemente, teve a ideia de inserir atrações que abrangesse todas as faixas etárias, inclusive, pai e mãe”, afirmou. Hoje o que faz parte do ‘Parque Ecológico Costão do Santinho’: O RPPN Morro das Aranhas, a Fazendinha, Caminho Ecológico, Costão Mágico, Espaço da Gralha-Azul, Viveiro de Plantas, Orquidário, Horta, Parede de Escalada e Arco e Flecha.

Parte desse trabalho ainda está sendo concluindo como o orquidário e o viveiro de plantas, por exemplo, que é um espaço para chá, segundo do Diretor “vai ser espetacular, um espaço onde a criança vai ter uma experiência única. Ela vai poder plantar, colher e comer, no mesmo dia, hortaliças orgânicas”, revelou. Além disso o Resort criou uma fazendinha. Um espaço que tem vários animais integrados em que as crianças são inseridas dentro desse espaço e interagem com os animais tocando nos animais, vivendo uma experiência muito diferente, como afirma Freitas “tendo a experiência de viver aqui, o que muitos de nós vivemos em nossas infâncias e que vai se perdendo com o crescimento e com a modernidade dessa geração que os valores e os produtos, que os atrai, são outros”.

Na fazendinha são encontrados animais das mais variadas espécies e raças, tais como: Galinhas Polonesas, Mil Flores, Sedosa Japonesa, Cochin Azul, Sumatra, Fênix e Angola. Além das galinhas temos Faisões, Pavões, Tartaruga, Porco da Índia, Coelhos, Peixes Carpas e Patos das espécies Mandarim e Carolina. A fazendinha tem sido um sucesso como todo o Parque Ecológico, bem como todas as atividades e a preocupação que os líderes desse empreendimento possuem com o ecossistema em que o Costão faz parte e o posiciona como um diferencial, revela Leonardo. “Hoje conseguimos dar vida para o ‘Parque Ecológico’ com uma programação bastante interessante e ela está muito inserida no nosso dia a dia. Tenho certeza que ele é um dos nossos diferenciais. Nós levamos a sério a parte sócio ambiental. Sem falar da beleza que circunda nosso Resort e o cuidado que a gente tem com essa parte da ecologia e tudo que a gente faz. Tanto na autossuficiência do tratamento de esgoto como o destino correto para todos os resíduos. Então é um grande diferencial nosso”, disse.

Para ele é uma responsabilidade e uma satisfação enorme, fazer parte de projetos como este aqui no Costão do Santinho e que o resultado desse trabalho não foi alcançado sozinho, é fruto de muito amor pelo que faz e trabalho em equipe, esse é o combustível que os move para fazer a diferença na vida dos hóspedes. Uma equipe que realmente ama o que faz e que bota a mão na massa, como ele descreve. “Nós da engenheira, temos aquela ambição de começo, meio e fim atropelada pra ver o filho nascer o quanto antes. O projeto a gente conduz junto com a operação. E, eu divido o mérito com a equipe e com toda liderança do Costão que nos apoia muito. E temos uma equipe formidável! E, que me dá esse apoio para executar as atividades com o motor funcionando. Então, pra mim, fazer parte disso, conciliar hotel que eu sou apaixonado, obra que é um impulso a mais e, ainda, quando você idealiza projetos que faz, particularmente, parte da minha história de ver esse contato com os animais, dar vida para a parte ambiental e ecologia da qual eu sou apaixonado é muito gratificante, pra nós é o combustível do dia a dia”, revelou.

Pacotes